O Bairro da Luz Vermelha (Red Light District) é o famoso e tão procurado bairro de Amsterdã.

Localizado na área urbana e de certa forma central da cidade, este é o local onde se concentra a prostituição junto a um grande número de empresas orientadas para o sexo, como sex shops, clubes de estripe, teatros adultos, entre outros.

Ok, não é novidade que prostituição é algo que procurando e não é exclusividade do bairro da luz vermelha, sendo possível encontrar locais como este em quase todas as cidades do mundo!

Então qual o diferencial do Bairro da Luz Vermelha?

Acredito que a primeira questão seja a sua legalidade, uma vez que na Holanda não é apenas a maconha que é legalizada, a prostituição também é um trabalho legalizado e tratado como qualquer outro.

Além de que o ambiente do bairro da luz vermelha é um local limpo e conservado, o que acaba por se diferenciar e muito de outros pontos de prostituição ao redor do mundo em que a criminalidade e um ambiente degradado imperam.

Porém, vale ressaltar que ainda assim lá é um ambiente turístico mas adulto, por isso estar sempre atento é uma boa prática.

bairro-da-luz-vermelha-janelas

Regras do bairro da luz vermelha

O primeiro é a restrição sobre a utilização de máquinas fotográficas ou qualquer outro tipo de gravação ou foto.

Já no que diz respeito a parte burocrática, um exemplo é que para se trabalhar lá é obrigatório ter mais que 18 anos e ser cidadã legal de qualquer um dos países da União Europeia.

Esse fato por si só contribui para que a prostituição não esteja vinculado a criminalidade, e realmente está muito longe disso, já que a prostituição em Amsterdã se integra à vida da cidade, e não está à margem dela tanto que no local o policiamento é constante.

Outro ponto alto é a forma em que as prostitutas, profissionais, moças de família, meninas (enfim como queiram chamá-las) atraem seus clientes.

Uma vez que elas não podem realizar abordagens na rua, o que chama a atenção é a forma como elas ficam expostas.

Pense nas manequins das lojas de roupas… exatamente! É desta forma em que elas ficam expostas! Cada uma em seu quarto expondo-se para os que estão passando na rua.

Curiosidades do Bairro da luz vermelha

  • As prostitutas que lá trabalham, têm direitos trabalhistas, pagam impostos sobre o que recebem e se organizam para lutar por melhores condições de trabalho.
  • No local também é possível encontrar mulheres incrivelmente bonitas as desprovidas de qualquer tipo de beleza, de jovens a senhoras, de mulheres magras até as que se encontram acima do peso, além de transexuais.
  • Outras curiosidades sobre o bairro da luz vermelha podem ser vistas em um artigo dedicado inteiramente ao tema.

Porque visitar o bairro da luz vermelha?

O bairro da luz vermelha acaba por ser peculiar e caricata, pois não é em todos os locais que podemos nos deparar com tal ambiente de forma organizada e controlada, sendo de fato um ponto turístico de Amsterdã.

Mesmo que o local seja dedicado a um público adulto e não seja algo que esteja de acordo com a moral e bons costumes (tenha em mente que a questão aqui já nem se trata de ter uma abordagem com as moças ou não), mas sim de ver como funciona tal ambiente.

Por estas peculiaridade, diria que vale a pena dar ao menos uma caminhada pelas ruas e vitrines do local!

Localização do bairro da luz vermelha