Curiosidades Igreja de São Francisco do Porto

Curiosidades-Igreja-de-sao-Francisco-do-Porto

A igreja de São Francisco do Porto poderia ser considerada mais uma entre tantas igreja na cidade portuguesa do Porto, porém algumas de suas características, além de sua história confirmam que esta não é uma igreja qualquer.

Localizada próximo à região da ribeira e mesmo ao lado do palácio da bolsa, a igreja do ouro está aberta para a visitação, sendo um ponto turístico bastante visitado por turistas do mundo todo, a qual provavelmente desconhecem as muitas dificuldades ocorridas até a igreja ser construída

 Curiosidades Igreja de São Francisco do Porto

  • A igreja do convento de São Francisco de Assis teve seu pedido de construção pelos frades em 1245 mas teve sua conclusão apenas em 1410 após um grande apoio manifestado pelas fiéis. A razão de toda esta demora se deu pelo fato de que desda a chegada dos frades na cidade, eles tiveram muita dificuldade em se instalar, diante da má aceitação do bispo D. Pedro Salvadores, que os hostilizou durante muito tempo, chegando mesmo a expulsá-los do Porto.

Convento-Sao-Francisco-Porto-

  • O interior da igreja é o que mais chama a atenção, primeiro pela obra da árvore de Jessé que é tida como uma referência em seu segmento e segundo por ser toda revestida a talha dourada (obra esta que foi executada no século XVII e XVIII).
  • Dizem que no início de sua construção foram colocados sobre a madeira entre 400 a 600Kg de ouro e de que ao longo dos anos a igreja chegou ao ponto de ser fechada ao culto, por ser muito ostentosa para a pobreza que a rodeava diante de sua alta quantidade de ouro.
  • Tal quantidade de ouro foi oferecido pelas famílias que escolheram a igreja como seu panteão, construindo as suas capelas mortuárias, como exemplo a Capela dos Carneiros, dos Brandões Pereira, dos Sás Menezes e a dos Souza Manuéis. Com o objetivo de garantirem assim uma vaga no céu.

corredor-igreja-sao-francisco-porto

  • Na invasão Francesa pelo Norte em 1809, as tropas Napoleónicas usaram a igreja como cavalariça, ficando neste período algumas paredes, arcos e colunas desprovidas da talha dourada.
  • Em 1910 a igreja foi classificada como um monumento nacional e em 1996 como patrimônio da humanidade integrada no centro histórico da cidade, passou a estar reservada ao turismo e à Cultura.
  • A sua principal reforma foi em decorrência de um incêndio que destruiu o seu antigo claustro e boa parte da igreja.
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
ponta-delgada

Ponta Delgada

Next Post
livraria-lello-e-irmao

Livraria Lello e Irmão

Related Posts